Ultimate Marvel vs Capcom 3

Após uma longa espera finalmente a Capcom trás para o PC (e consoles da nova geração) um dos jogos de luta mais amados pela comunidade gamer, Ultimate Marvel vs Capcom 3, mas será que a espera valeu a pena?

Lançado em 2011 para Playstation 3 e Xbox 360, Ultimate Marvel vs Capcom 3 é a versão atualizada de Marvel vs Capcom 3: Fate of Two Worlds, nele temos os 36 personagens originais do primeiro jogo, 12 novos personagens do universo Marvel e Capcom, novos modos de jogos (offline) e um melhor balanceamento entre os personagens.

Lavou tá novo!

Muitos criticam a forma como a Capcom conduz seus lançamentos. Na maioria das vezes temos produtos ainda novos sendo relançados com uma detalhe diferente aqui, outro ali, um personagem extra etc. A franquia Street Fighter é provavelmente o maior exemplo desta política. Mesmo não sendo muito sadia com o bolso dos consumidores mostra-se eficaz nos balanços comerciais da empresa.

Apesar das polêmicas é inegável que o maior destaque do jogo são os novos personagens, pelo lado da Marvel temos a adição do Gavião Arqueiro, Motoqueiro Fantasma, Nova, Dr. Estranho, Punho de Ferro e Rocket Raccoon e do lado da Capcom temos Strider Hiryu, Firebrand, Phoenix Right, Frank West, Nemesis e Vergil, totalizando os personagens chegamos a incrível marca de 50 lutadores, ou seja, um elenco de peso.

Gameplay como sempre frenético

Esta é uma característica que acompanha a franquia desde o primeiro jogo. Golpes especiais ultra exagerados e combos absurdos seja em terra ou ar estão presentes e muito melhores.

Diferentemente de outros jogos de luta onde temos intensidades diferente para socos e chutes, Ultimate Marvel vs Capcom 3 utiliza um sistema de botões para atacar, fraco, médio, forte e especial, seja para socos ou chutes. Esta mecânica tem seu lado bom e ruim. Bom porque é super fácil de aprender e ruim porque é difícil de dominar.

As lutas continuam no mesmo padrão, 3 lutadores para cada time que podem alternar-se a qualquer momento da batalha, se você preferir pode também chamar um personagem para te ajudar com um golpe simples ou então executar o hyper combos cheios de luzes, cores, sons, explosões e tudo que tem direito a fim de causar o máximo de dano possível ao adversário.

Gráficos em alta resolução e audio de primeira

Graficamente o jogo não evoluiu muito em relação ao original. O formato cel shader hiper colorido remete bastante à arte dos quadrinhos. Porém a remasterização em 1080p (full hd) rodando a 60fps cravados é um colírio para os nossos olhos, acrescentando mais fluidez às animações, movimentação e resposta dos comandos.

A parte sonora de Ultimate Marvel vs Capcom 3 é tão boa quanto a versão original do jogo. A trilha sonora alterna-se de acordo com o personagem que o jogador controla. As dublagens também estão perfeitas. Todos personagens tem seu perfil fonético diferenciado, alguns mais sérios, outros mais sarcásticos como por exemplo as tiradas e piadinhas do Deadpool.

Diversos modos de jogo

Este é com certeza um dos pontos fortes do jogo. Para manter a longevidade do título a Capcom colocou muito conteúdo, os modos de jogo presente são extremamente variados. Temos o clássico modo Arcade. O famoso modo versus (1×1) tanto online quanto offline. O modo espectador onde você pode assistir a lutas de seus adversários. Modo de treinamento para melhorar suas técnicas. Modo de missões dos personagens onde você tem objetivos específicos para cumprir. E, por fim, o modo de customização onde você pode turbinar e modificar seu lutador favorito com cartas e talentos.

Conclusão

Embora Ultimate Marvel vs Capcom 3 não seja novidade para muita gente, ele é um ótimo lançamento para os consoles da nova geração. O jogo proporciona muita diversão para jogadores iniciantes e grandes desafios para jogadores hardcore. Mais do que um bom jogo, Ultimate Marvel vs Capcom 3 é diversão garantida. Seja online ou no multiplayer entre amigos no sofá.

Ultimate Marvel vs Capcom 3 está disponível no formato digital para PC na Steam e também para PS4 e Xbox One em suas respectivas lojas online e mídias físicas.

Agradecemos à Capcom pelo acesso ao jogo para esta análise!

 

Se inscreva em nosso canal!

Curta nossa fanpage

Últimos Posts
Good Omens | Crítica
  • 29 de novembro de 2019
Ford vs Ferrari | Crítica
  • 28 de novembro de 2019
Capitã Marvel | Crítica
  • 10 de março de 2019
FIFA 19 | Draft FUT Online
  • 30 de novembro de 2018
Red Dead Redemption 2 – O melhor jogo da minha vida
Login
Loading...
Sign Up

New membership are not allowed.

Loading...