Bon Jovi – Burning Bridges

O tempo muitas vezes se mostra ingrato. Normalmente trazem dores antes nunca sentidas, cansaços excessivos, problemas de saúde em geral. Na música não é muito diferente. A voz não é mais a mesma, a disposição e fôlego também não e isso tudo é bem compreensível. O que não dá pra entender é como uma banda que já foi referência consegue descer a ladeira de forma tão vergonhosa, culminando num disco horroroso. Mas mesmo assim tentaremos explicar.

Sem Sambora não existe Bon Jovi

Quem lembra do Rock in Rio 2013, onde a banda se apresentou sem o lendário guitarrista Richie Sambora, sabe a falta enorme que o música faz a banda. Porém, com o lançamento de um disco novo se esperava que a banda conseguisse, de alguma forma, superar a ausência do mesmo. Ledo engano. Faltam riffs cativantes, as levadas de guitarra são absolutamente genéricas, nenhum solo marcante…nada. E como Sambora também era um dos principais compositores da banda, os arranjos e melodias ficaram bem aquém de outros discos, principalmente da fase que realmente presta da banda (até o álbum “Have a Nice Day”, de 2005).

Jon Bon Jovi

Calvário auditivo

A audição do disco beira um martírio, uma tortura. São músicas sem começo, meio ou fim. Insossas, sem alma nenhuma. Um Jon Bon Jovi extremamente preguiçoso nos vocais, que parece estar incomodado com a música que canta. Burning Bridges é um álbum tão ruim que parece feito por músicos inexperientes, sem nenhum “tato” musical.

Começa com uma música muito lenta e arrastada para ser primeira faixa de um disco, mas até ai você ainda dá aquele voto de esperança, afinal é Bon Jovi. Mas as faixas vão passando e nada melhora, muito pelo contrário. Algumas tentam de forma até vergonhosa remeter ao passado da banda, mas falham miseravelmente. Vale resaltar que esse disco é um apanhado de “restos” de discos anteriores, músicas que não entraram em discos e coisas do tipo. E agora temos total noção do por que.

Existem motivos claros para a queda de rendimento da banda. Mas lançar um álbum de tão baixo nível chega a ser falta de respeito. Com toda a história dos músicos, da banda e do legado que eles deixaram para várias gerações. Jon Bon Jovi já foi um grande vocalista, hoje não tem a mesma voz mas sabe o que está fazendo. Me impressiona um álbum tão ruim partir dele. Acha os últimos lançamentos da banda ruins? Esse te surpreenderá. Negativamente, é claro.

O futuro da banda é cada vez mais nebuloso, pois a qualidade baixa drasticamente a cada lançamento. A banda promete um álbum (dessa vez de novidades e não músicas requentadas) para o ano que vem e eu já tenho calafrios só de pensar em algo como os últimos discos. Uma lástima, pois tenho músicas do Bon Jovi (todas pré These Days) no meu Spotify e nem penso em tira-las.

Ps: Deixaria aqui algum vídeo com uma música desse novo álbum mas prezo sempre pela saúde auditiva de vocês, queridos leitores.

Se inscreva em nosso canal!

Curta nossa fanpage

Últimos Posts
Good Omens | Crítica
  • 29 de novembro de 2019
Ford vs Ferrari | Crítica
  • 28 de novembro de 2019
Capitã Marvel | Crítica
  • 10 de março de 2019
FIFA 19 | Draft FUT Online
  • 30 de novembro de 2018
Red Dead Redemption 2 – O melhor jogo da minha vida
Login
Loading...
Sign Up

New membership are not allowed.

Loading...