Crítica

Good Omens | Crítica
A eterna e milenar guerra entre céu e inferno contada de uma forma divertida, sarcástica e com performances inspiradas de seus protagonistas. Uma fórmula certeira. É o que vemos aqui em Good Omens e os motivos eu conto abaixo. Sinopse “Ambientada em 2018, a série seguirá o anjo Aziraphale (Sheen) e o demônio Crowley (Tennant),...
Crítica | Silêncio
Silêncio não é um filme fácil. É um filme, basicamente, sobre a fé levada às últimas consequências. E quando falo em consequências, estas estão lá sob as mais vis formas de tortura e persuasão, física e psicológica, infligidas sobre aqueles que ali estão para provar sua fé. Extremamente perturbador. A jornada começa quando os padres...
Crítica | Logan
17 anos e oito filmes se passaram desde a primeira aparição de Wolverine nos cinemas, interpretado pelo australiano Hugh Jackman. Logan, última vez que o ator interpreta o personagem, chega aos cinemas. A verdade é que todos os filmes solo de Wolverine foram muito abaixo do esperado, e inclusive marcaram negativamente o personagem (como em X-Men...
Pitacos #19 – Ben-Hur x Ben-Hur
Obs: Esse texto contem spoilers. Sou um grande entusiasta do gênero de filmes épicos. Desde criança, aguardava com bastante expectativa a época da Páscoa, quando a sessão da tarde nos brindava com os exemplares mais notáveis do gênero. Pude conferir Barrabás (Richard Fleischer, 1961), Reis dos Reis (Nicholas Ray, 1961), Os Dez Mandamentos (Cecil B. DeMille,...
Preacher – 1ª Temporada
Ok, antes de começar a falar da série, tenho que dizer que ela é baseada em um quadrinho da DC Comics da linha Vertigo. Ela é super cultuada pelos fãs por N fatores. O principal é por não ser uma revista de super-heróis. E sim de um anti-herói, um padre, com inúmeros defeitos e vícios, de...
Pitacos #18 – Stranger Things
Anos 80 Se me pedissem para definir a experiência de assistir Stranger Things – série original Netflix – em uma palavra, eu diria: deleite. Stranger Things é um deleite para todos aqueles que viveram intensamente o boom criativo de filmes da década de 80. Arrisco ainda a dizer que os filmes da década de 80...
Crítica – Procurando Dory (2016)
Qual é ponto em que uma continuação é necessária ou totalmente desnecessária? Essa é a pergunta que fiz quando soube da notícia da continuação do clássico da Pixar ‘Procurando Nemo’ de 2003. Pois, há de concordar, que Nemo é uma obra maravilhosa, tanto para criança como para adultos! Mas e Procurando Dory? É realmente uma...
Crítica: Perdido em Marte
Perdido em Marte é um filme curioso: O diretor é Ridley Scott, mas não parece. A situação é desastrosa, mas não parece. E, por mais incrível que possa parecer, o Boromir/Ned Stark está no filme e não acontece nada demais com ele. Esse caldeirão de “contradições” felizmente não estraga a diversão: Perdido em Marte é...
Crítica: Homem-Formiga
A Fase 2 do Universo Cinematográfico da Marvel chegou ao fim com o lançamento de Homem-Formiga. Anunciado em 2013, o filme contava com a direção do britânico Edgar Wright (de Scott Pilgrim), que passou dez anos desenvolvendo a adaptação do super-herói. Mas por “diferenças criativas”, Wright abandonou o projeto e Peyton Reed (de Sim, Senhor)...
Crítica: Guardiões da Galáxia
Essa matéria foi escrita ao som de Awesome Mix Vol.1 (saiba o que é isso abaixo). Despretensioso, divertido, cômico e um grande tributo à década de 1980. Talvez isso resuma bem a experiência de Guardiões da Galáxia. A ousada tentativa da Marvel Studios de trilhar um caminho bem diferente do que tínhamos visto até então, na...
Crítica: Transformers: A Era da Extinção
Explosões, câmera lenta, atores canastrões, a coadjuvante gostosa com shortinho e robôs gigantes. Transformers: A Era da Extinção, o quarto filme da série iniciada em 2007, segue a mesma fórmula MichaelBayana dos filmes anteriores. Uns dizem que é uma fórmula de sucesso, afinal, o filme nem estreou aqui no Brasil (que será no dia 17...
Crítica: Godzilla
Existem dois tipos de filme catástrofe: os que o Presidente Americano (Independece Day, Impacto Profundo) salva o mundo e os que são vistos sob a ótica de cidadãos comuns (Guerra dos Mundos, O Dia depois de Amanha).  O segundo tipo sempre me atraiu mais, afinal de contas, não sou norte americano para achar que o...
Se inscreva em nosso canal!

Curta nossa fanpage

Últimos Posts
Good Omens | Crítica
  • 29 de novembro de 2019
Ford vs Ferrari | Crítica
  • 28 de novembro de 2019
Capitã Marvel | Crítica
  • 10 de março de 2019
FIFA 19 | Draft FUT Online
  • 30 de novembro de 2018
Red Dead Redemption 2 – O melhor jogo da minha vida
Login
Loading...
Sign Up

New membership are not allowed.

Loading...