League of Legends: Bot Lane Parte 1 – AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

Ano novo, temporada nova. É assim em League of Legends, jogo mais popular do planeta atualmente. A 5ª temporada está ai e como sempre, várias mudanças ocorrem. Isso faz com que muitos jogadores que começaram no game no segundo semestre do ano passado fiquem meio perdidos. Tendo isso em vista, vamos fazer uma série de matérias, lane por lane, indicando os melhores campeões e o por que deles serem os mais escolhidos nas partidas ranqueadas.

Se você é um completo iniciante no jogo e não faz ideia do que é Bot Lane e AD CARRY, dê uma olhada no nosso Guia de iniciantes, clicando aqui.

BOT LANE PARTE 1 – AD CARRY (ou apenas ADC)

Todo início de temporada, League of Legends vem com uma série de mudanças, tanto nos campeões como em outros elementos como itens, torres e monstros da jungle. Com isso, é normal que os campeões mais usados nas partidas ranqueadas mudem também.

Alguns campeões recebem buffs (melhoramentos em suas skills, atributos base ou movimentação) ou nerfs (piora nos mesmos quesitos). A Riot faz isso com o intuito de equilibrar mais o jogo e fazer com que campeões pouco usados voltem à tona.

Separei seis ADCs mais usados nas partidas ranqueadas e explicarei o porquê eu acho que você, que gosta dessa lane, deveria usar um desses.

Jinx

League of Legends: Bot Lane Parte 1 - AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

A garota irritada continua firme na bot lane. Tem um conjunto de skills bem forte, apesar de nenhuma delas ser boa para fuga. O seu “W” continua muito eficiente para iniciação, o seu “Q” para aumentar a já boa range (alcance) e aplicar dano em área, e seu “R”, uma arma contra os fujões com a vida “no bico do corvo”.

Graves

League of Legends: Bot Lane Parte 1 - AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

O foragido perdeu o seu charuto nessa temporada e parece que largar o vício do fumo fez bem a ele. Graves tem sido o campeão mais usado inclusive no nível Desafiante (degrau mais alto das partidas ranqueadas, com membros de equipes profissionais até). E tudo isso tem explicação. Com as mudanças nos bônus do Dragão*, um ADC com uma passiva como a dele (que aumenta sua armadura e resistência mágica de acordo com o tempo que permanece em combate) é uma vantagem. Seu combo aparentemente simples com o “W” para cegar o oponente, o “E” para dar um dash e aumentar sua velocidade de ataque e o “Q” dá um dano considerável. Se ainda sim seu inimigo fugir, finalize com o “R” (um projétil que causa muito dano no primeiro impacto, explodindo em seguida) e garanto que dificilmente ele sobreviverá.

*Bônus por abater o Dragão: Na temporada passada, o abate do Dragão valia um bonus de gold (ouro) para todo o time. Agora, o dragão dá um buff de acúmulo para cada vez que é abatido. Explicando:
1º abate: +8% de dano de ataque e poder de habilidade para todo o time
2º abate: +15% de dano (geral) em minions e monstros (incluindo Dragão e Baron)
3º abate: +5% de velocidade de movimento
4º abate: +15% de dano contra torres e construções (inibidores e nexus inclusos)
5º abate: Buff momentâneo. Dobra todos os seus buffs anteriores e 150 de dano no auto attack. Esse buff dura 180 segundos e permanece mesmo quando o campeão morre.

Sivir

League of Legends: Bot Lane Parte 1 - AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

A guerreira das areias continua muito forte nessa temporada. Seu kit continua bastante seguro e seu “R”, que aumenta a velocidade de movimento de Sivir e seus aliados, permite um bom escape no caso de uma team fight mal sucedida. Seu dano com o “Q” continua alto e com alcance inalterado e seu “E”, uma arma para se manter mais tempo na lane, já que recupera mana quando usado para defender uma habilidade inimiga. A velocidade de movimento aumentada na passiva também é uma boa arma para desviar de skills inimigas sem deixar de atacar sempre.

Kalista

League of Legends: Bot Lane Parte 1 - AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

O ADC mais novo do jogo é também um dos mais usados até agora. Com um kit de bastante dano mesmo com poucos itens, ela tem uma passiva interessante. Mas um pouco complicada de dominar. A cada auto ataque, seu próximo “click” do mouse em uma direção diferente de onde você esteja faz com que Kalista dê um “pulo” para o lado, uma espécie de esquiva. É extremamente útil para quem a domina, mas pode se tornar um problema para quem não tem tanta habilidade.

Kalista funciona melhor com suportes mais tanks, pois seu “R” permite que ela faça um “pacto de almas” com um campeão aliado, sendo mais comum com o suporte por motivos óbvios. Quando acionada, ela “puxa” seu suporte pra si e o mesmo pode clicar e se atirar contra os inimigos, atordoando-os. Isso sem contar sua passiva, onde ela marca seus inimigos com a lança e acionando seu “E” as marcas explodem, causando dano extra.

Corki

League of Legends: Bot Lane Parte 1 - AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

O velho lobo do ar continua bastante usado nas ranqueadas. Corki é um ADC com uma range um pouco menor que o normal. Mas suas habilidades são híbridas. Ou seja, escalam em AD (attack damage, dano físico em português) e AP (ability power, poder de habilidade em português). Fora essa particularidade, Corki tem um kit de skills bem equilibrado. Sua passiva que causa dano verdadeiro adicional e o torna fortíssimo no late game. Seu “Q” causa um dano considerável já no começo da partida, seu “W” é um ótimo escape e seu “E” é muito bom contra campeões que se aproximam (e contra um grande número de tropas). Seu “R” pode ser usado 7 vezes num período de 10 segundos para cada tiro, com o 3º tiro causando 50% de dano adicional.

Caitlyn

League of Legends: Bot Lane Parte 1 - AD Carry (Guia para a 5ª temporada)

A bela xerife de Piltover é o ADC com o maior range do jogo. O que compensa (e muito) sua velocidade de ataque base. Caitlyn tem um dos kits de skills que mais gosto dentre os ADCs citados aqui. Sua passiva faz com que, dentre alguns ataques, ela acerte um com 150% de dano em campeões inimigos e 250% em tropas. Seu “Q” é um tiro carregado por 1 segundo. E causa dano por onde passar (sendo o maior dano no primeiro contato).

Sua armadilha no “W” e seu tiro com pulo para trás no “E” fazem com que ela tenha bastante escape, mesmo com pouca mobilidade. Foco em velocidade de ataque e dano é sempre bem vindo para combar com a passiva. Seu “R” faz com que ela mire em um campeão alvo em uma distância bem grande, atirando após alguns segundos. Causa um dano bem alto e é muito útil contra inimigos em fuga.

Menções honrosas: Varus. Ashe e Kog’maw, três campeões que gosto muito.

Espero ter ajudado a galera que tem certa dúvida em qual ADC escolher. E a dica principal continua sendo: Treino, treino e mais treino. Posicionamento, farm e principalmente não desanimar com as derrotas. Perder é normal, o importante é melhorar a cada jogo.

Se inscreva em nosso canal!

Curta nossa fanpage

Últimos Posts
Good Omens | Crítica
  • 29 de novembro de 2019
Ford vs Ferrari | Crítica
  • 28 de novembro de 2019
Capitã Marvel | Crítica
  • 10 de março de 2019
FIFA 19 | Draft FUT Online
  • 30 de novembro de 2018
Red Dead Redemption 2 – O melhor jogo da minha vida
Login
Loading...
Sign Up

New membership are not allowed.

Loading...